sábado, 7 de dezembro de 2013

DEZEMBRO ESPECIAL NO DR. ALÉM

Em dezembro a programação infantil do Cineclube no Espaço Cultural Dr. Além está totalmente focada no espírito natalino. Três super produções foram especialmente escolhidas para reforçar o espírito do Natal na cidade. As sessões acontecem nos domingos sempre às 15h00, de acordo com a seguinte agenda:


Dia 8/12 - O EXPRESSO POLAR, animação de Robert Zemicks, produzida pelos estúdios Castle Rock Entertainment - LIVRE

O Expresso Polar é uma aventura emocionante baseada no livro de Chris Van Allburg. Desde a sua publicação em 1985, “The Polar Express” tocou o coração de milhões de leitores, jovens e idosos. Tanto na tela grande quanto nas páginas do livro, “O Expresso Polar é uma comovente história sobre o poder da fé. Há quase vinte anos, famílias do mundo inteiro celebram o Natal com a história extraordinária da viagem de um garoto ao Polo Norte, em uma jornada de autoconhecimento que lhe mostra que o maravilhoso da vida sempre permanece para os que acreditam".


Dia 15/12 - O ESTRANHO MUNDO DE JACK, animação de Henry Selick, produzida pela Tim Burton Productions - LIVRE

Baseado no poema escrito por Tim Burton, o filme conta a incrível história de Jack Skellington, um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas estranhas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte. Mas, após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta. Por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva até um tipo festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino. Ao retornar para a Cidade do Halloween, sem ter compreendido o que viu, ele começa a convencer os cidadãos a seqüestrarem o Papai Noel e fazerem seu próprio Natal. Apesar de argumentos fortes de sua leal namorada Sally contra o projeto, o Papai Noel é capturado. Os fatos mostrarão que Sally estava totalmente certa.


Dia 22/12 - UMA HISTÓRIA DE NATAL, de Juha Wuolijoki - LIVRE

Em uma remota aldeia na Lapônia, o jovem Nikolas perde sua familia em um acidente e é adotado pelos moradores. Todos os anos, no dia de Natal, Nikolas tem que mudar para uma casa nova. Para mostrar sua gratidão, Nikolas faz brinquedos para as crianças das famílias, como presente de despedida. Ao longo dos anos, torna-se muito amigo das suas ex-famílias adotivas e coloca em todas as casas da aldeia um presente na porta, na manhã de Natal. Quando sofrem escassez de alimentos, os moradores têm que enviar Nikolas para trabalhar como aprendiz do carpinteiro eremita Lisakki. Sob sua tutela severa, Nikolas desenvolve habilidades que lhe permitem criar presentes ainda melhores e trabalhar ainda mais rápido. Mas Lisakki que odeia crianças proíbe Nikolas de fazer presentes de Natal, tradição que parece prestes a desaparecer.





quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

CINE LITERATURA FECHA O ANO COM MUITA EMOÇÃO


A última sessão de 2013 da série Cine Literatura do Cineclube Araucária foi uma verdadeira avalanche de emoções que invadiu a Sala de Saraus da AMECampos. O palestrante convidado, professor Ângelo Mendes Corrêa, mestre em literatura brasileira pela Universidade de São Paulo que, além do conhecimento acadêmico acumula também o aprendizado adquirido no convívio com familiares de Graciliano Ramos, como por exemplo sua mulher Heloísa Medeiros Ramos e seu neto Ricardo Ramos Filho, ofereceu uma visão panorâmica sobre a vida e a obra do homenageado. O evento proposto pelo Cineclube teve como mote os sessenta anos da morte de Mestre Graça, como era chamado pelos seus amigos mais próximos. Na sequência da explanação do Professor Corrêa, o público presente pode assistir MEMÓRIAS DO CÁRCERE, obra prima irretocável da filmografia de Nelson Pereira dos Santos que soube como ninguém passar para a tela toda a riqueza de detalhes que fizeram do relato de Graciliano uma das mais importantes denúncias sobre o modo como um governo totalitário pode infectar uma sociedade. Pouco mais de um ano na vida de Graciliano Ramos que, em 1936, ocupou o cargo público de diretor de instrução do Estado de Alagoas quando foi preso por conta das suas convicções políticas. O filme expõe um período desagradável na história do Brasil dentro de uma perspectiva pessoal. A criação da Aliança Nacional, em 1935, iniciou suas atividades como um vigoroso movimento de massas, no qual conviviam comunistas, socialistas, católicos, positivistas e democratas de vários partidos, atraídos pela frente ampla antifascista. MEMÓRIAS DO CÁRCERE é, sem dúvida, um grande clássico do cinema brasileiro. Apesar de focado no período da ditadura Vargas, a obra de Graciliano nos leva a compreender com total clareza conceitos universais do domínio político obtido por vias tortas e da destruição de pensamentos verdadeiramente liberadores de um povo. Perdeu mesmo somente aqueles que não puderam comparecer a essa brilhante iniciativa do Cineclube Araucária de Campos do Jordão que pretende seguir viva em 2014.  

fotos: Erik Marques

terça-feira, 26 de novembro de 2013

EM NOVEMBRO O CINE LITERATURA LEMBRA OS 60 ANOS SEM GRAÇA


No dia 30 de novembro, o Cine Literatura presta homenagem ao escritor alagoano Graciliano Ramos, morto em 1953, sobre quem certa vez declarou Jorge Amado: "Ante a justeza, a correção da língua portuguesa por ele escrita, nós, os outros ficcionistas do Nordeste, somos uns bárbaros". Faz, pois, 60 anos que partiu o Velho Graça, como o tratavam carinhosamente os colegas, testemunhas da curiosa trajetória literária de quem se pusera entre os poucos nomes, da sua geração, com a grandeza e a importância de Machado de Assis. Se dele tivéssemos recebido apenas "Vidas Secas" já estaríamos no lucro. Mas, vieram também, entre outros, "Angústia", "Caetés", "São Bernardo", "Memórias de um Negro", "Viagem", "Linhas Tortas", "Viventes das Alagoas", "Garranchos", "Minsk", "A Terra dos Meninos Pelados", "Histórias de Alexandre", "O Estribo de Prata", "Dois Dedos", "Brandão entre o Mar e o Amor" e "Memórias do Cárcere", o mais importante relato que já se produziu sobre o violento Estado Novo de Getúlio Vargas, além das "Cartas de Amor a Heloísa", publicadas apenas no começo da década de oitenta e a tradução  de "A Peste", um dos mais conhecidos romances de Albert Camus. Homem digno e autêntico, coerente até nas contradições, é o que foi Graciliano Ramos, cidadão que, apesar de se dizer ateu, tinha a Bíblia como leitura predileta e que detestava vizinhos mas adorava crianças. Confessava-se indiferente à música e à academia e esperava morrer aos 57 anos de idade. Viveu mais três, para legar ao Brasil e ao povo brasileiro, como disse Nelson Werneck Sodré, “um dos mais altos exemplos de honestidade literária que nos foi dado conhecer”. 

Três dos seus livros foram levados para as telas dos cinemas: "Vidas Secas", "São Bernardo" e "Memórias do Cárcere". Este último, adaptado e dirigido por Nelson Pereira dos Santos em 1984, está na pauta do Cine Literatura do Cineclube Araucária no dia 30 deste mês de novembro. "Memórias do Cárcere" conta a experiência vivida por Graciliano Ramos após ser preso em Alagoas e conduzido a Ilha Grande no Rio de Janeiro, suspeito de colaborar com a Aliança Nacional Libertadora, organização criada  em 1935 com o objetivo de lutar contra a influência fascista dos primeiros anos da ditadura Vargas que nesse período flertava com o nazismo alemão de Adolf Hitler. Para o diretor Nelson Pereira dos Santos, o cárcere é uma metáfora da sociedade brasileira. No espaço exíguo da prisão a dinâmica de cada um é mais clara: a classe média militar, o jovem, a mulher, o negro, o nordestino, o sulista; o encontro com o prisioneiro comum, o assaltante, o homossexual. Graciliano retratou tudo isso lutando contra os próprios preconceitos e conseguiu nos deixar um testemunho generoso, aberto. A cadeia no sentido mais amplo, a cadeia das relações sociais e políticas que aprisionam o povo brasileiro.




segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O ESPAÇO CULTURAL CONTINUA BOMBANDO NAS TARDES DE DOMINGO COM A NOSSA PROGRAMAÇÃO INFANTIL

Em novembro a programação infantil do Cineclube, além de dois clássicos dos Estúdios Disney, apresenta também uma belíssima seleção de animações concebidas especialmente para o universo das crianças pelo consagrado compositor e intérprete Toquinho que se apresenta na cidade no dia 16 e uma homenagem ao cinquentenário do lançamento do primeiro álbum do grupo britânico que mais sacudiu o mundo do rock nos anos 60 - The Beatles. Veja aqui quais foram os títulos escolhidos e prestigie mais essa iniciativa do Cineclube Araucária cujo foco é a novíssima geração jordanense. Nas tardes de domingo, é só chegar no Espaço Cultural Dr. Além. A partir das 15h00 as portas estarão abertas a todos: crianças, jovens e adultos dispostos a se divertir com as imagens propostas pelo Cineclube através da tela grande do antigo Cine Glória de Campos do Jordão. 



Dia 03 de novembro - domingo - 15h00 - PINÓQUIO, animação produzida pelos Estúdios Disney, dirigida por Norman Ferguson, Wilfred Jackson, Jack Kinney, Bill Roberts e T. Hee. Este foi o segundo longa metragem produzido pela Disney nos Estados Unidos e levou o Oscar de Melhor Filme de Animação em 1940. A história contada pelo filme é baseada no clássico infantil As Aventuras de Pinóquio de Carlo Collodi. Nela, o velho Gepeto constrói Pinóquio, um boneco de madeira que Gepeto trata como filho e que deseja se tornar gente. Em uma noite estrelada, uma fada azul dá vida a Pinóquio começando então uma fantástica aventura que vai testar a coragem, a lealdade e a honestidade do boneco, virtudes que ele tem que aprender para se tornar um menino de verdade.



Dia 10 de novembro - domingo - 15h00 - PLANETA DO TESOURO, de John Musker e Ron Clements produzido pelos Estúdios Disney. O filme é uma adaptação no formato de ficção científica do romance A ILHA DO TESOURO de Robert Louis Stevenson. Em 2002 o filme foi indicado ao Oscar para o prêmio de Melhor Animação. Trata-se da história do jovem Jim Hawkins, adolescente problemático que traz apenas dor de cabeça e transtornos para a sua mãe, a dona de uma pequena estalagem. O garoto encontra um raríssimo mapa para um fabuloso tesouro caçado por todos os navegantes espaciais. O mesmo o levaria até o motim de mil galaxias, o tesouro de Flint, um temido pirata espacial escondido no Planeta do Tesouro. A caçada começa com Jim, o Doutor, a Capitã Amélia e uma tripulação bastante suspeita comandada por John Silver.





Dia 17 de novembro - domingo - 15h00 - TOQUINHO NO MUNDO DA CRIANÇA, animação de Andrés Lieban produzida pela Editora Circuito Musical. O DVD é apenas o primeiro de uma série. Nele estão sete animações especialmente criadas para canções compostas por Toquinho: Aquarela (premiada no Festival de Cinema Infantil de Chicago em 2003), O Pato, O Caderno, Errar é Humano, A Bicicleta, O Mundo da Criança e A Casa, além de alguns extras surpreendentes. Tudo para a diversão das crianças! A apresentação desse filme festeja a presença do compositor que fará show em Campos do Jordão no dia 16/11.



Dia 24 de novembro - domingo - 15h00 - SUBMARINO AMARELO, animação dirigida por George Dunning, produzida pelos Estúdios Apple. Yellow Submarine conta a história de Pepperland: um paraíso quase terrestre que fica a 80 mil léguas no fundo do mar – uma terra quase sem inverno, onde a brisa leva a toda parte o som da música e das risadas e onde ninguém se sente só, pois a Banda do Sargento Pepper está sempre tocando a sua música. Até que um dia o Líder dos Maldosos Azuis, que detestava todo tipo de música, decide varrer Pepperland do mapa, deixando-o sem cor e sem som. Mas, navegando num submarino amarelo e depois de várias aventuras, como navegar pelo mar do Tempo, pelo mar dos Monstros, e o mar dos Buracos, os Beatles chegam para trazer a paz e a música de volta a Pepperland. A apresentação de SUBMARINO AMARELO pelo Cineclube comemora o aniversário de cinquenta anos do lançamento do primeiro álbum do grupo inglês THE BEATLES. 


************************************************************************************************************

domingo, 20 de outubro de 2013

JOÃO CABRAL DE MELLO NETO É O HOMENAGEADO DE OUTUBRO NO CINE LITERATURA












No dia 26 de outubro às 19h00 na Sala de Saraus da AMECampos, o Cineclube Araucária, a Secretaria Municipal de Cultura e a Associação dos Amigos de Campos do Jordão recebem o escritor Luiz Avelima para um bate pago sobre o obra de João Cabral de Mello Neto, seguido da apresentação da animação MORTE E VIDA SEVERINA, adaptada da obra homônima do homenageado por Afonso Serpa, sobre desenhos do chargista Miguel Falcão, com trilha sonora de Lucas Santana e a voz do ator Gero Camilo interpretando o personagem central da história. O desenho animado conta a história de Severino, um retirante que sai do sertão de Pernambuco em busca de uma vida melhor nas margens do Rio Capibaribe, em Recife. Esta é a única produção brasileira a ficar entre os finalistas de todas as categorias do Japan Prize 2013. A AMECampos fica na Rua Dr. Reid nº 68 - Abernéssia - Campos do Jordão (SP).



segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Animação ATLANTIS - O REINO PERDIDO abre a programação infantil do mês das crianças


A programação infantil do Cineclube Araucária para o mês de outubro começa no dia 6 com a exibição da animação dos Estúdios Disney, ATLANTIS - O REINO PERDIDO, de Gary Trousdale e Kirk Wise, os mesmos criadores de A BELA E A FERA e O CORCUNDA DE NOTRE DAME, também para a Disney. O filme conta a história do explorador Milo Thatch que recebe inesperadamente um mapa indicando a exata localização da cidade perdida de Atlantis. Juntamente com o Capitão Rourke e sua tripulação, ele parte em busca da cidade a bordo de um submarino, bancado por um excêntrico magnata. Porém, para encontrar Atlantis, Milo, Rourke e sua tripulação terão que enfrentar os mais diversos obstáculos ao longo da jornada submarina. Uma aventura imperdível!!!
Dia 06 de outubro às 15h00 no Espaço Cultural Dr. Além (antigo Cine Glória de Campos do Jordão. Entrada Franca.


terça-feira, 24 de setembro de 2013

CLARICE LISPECTOR É A HOMENAGEADA DE SETEMBRO NO PROJETO CINE LITERATURA


Em setembro, o projeto Cine Literatura realizado pelo Cineclube Araucária em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e a AMECampos presta homenagem à escritora CLARICE LISPECTOR com a exibição do filme A HORA DA ESTRELA, de Suzana Amaral, precedido de apresentação literária pela jornalista e escritora VIVIANE PEREIRA, autora de Heróis da Vida Real (Celebris 2003), Dicionário das Loucuras de Amor (Matrix 2010) e Confissões de uma Louca de Amor (Magia das Palavras 2010).
Dia 28/09 - sábado - às 19h00 na Sala de Saraus da AMECampos - Rua Dr. Reid, 68 - Abernéssia.





Assista o trailer de A HORA DA ESTRELA, de Suzana Amaral





domingo, 1 de setembro de 2013

AS SESSÕES INFANTIS DO CINECLUBE VOLTAM AO ESPAÇO CULTURAL DR. ALÉM

A partir deste mês de setembro, as sessões infantis do Cineclube Araucária voltam a acontecer no velho Cine Glória de Campos do Jordão - atual Espaço Cultural Dr. Além. E agora serão todos os domingos às 15h00, com uma programação cuidadosamente elaborada para colaborar com a formação dos jovens cidadãos jordanenses. Uma realização que só se tornou possível graças ao apoio da Secretaria Municipal de Cultura e da Associação de Amigos de Campos do Jordão - AMECampos. Todos, pequenos e grandes serão sempre muito bem vindos ao Espaço Cultural Dr. Além nas nossas tardes de domingo para curtir um bom programa de cinema. A nova temporada começa já no dia 1º de setembro com a exibição da animação japonesa dos Estúdios Ghibli O Castelo Animado, do premiado diretor Hayao Miyazaki.


Nos domingos seguintes, no mês de setembro, serão exibidos:

Dia 08/09 - 15h00 - MEU MALVADO FAVORITO, de Chris Renaud & Pierre Louis Coffin - animação dos Estúdios Illumination para a Univerversal Pictures - Classificação LIVRE para todas as idades. Assista o trailer:



Dia 15/09 - 15h00 - HOTEL TRANSILVÂNIA, de Genndy Tartakokvski - animação dos Estudios SPI para Columbia Pictures - Classificação LIVRE para todas as idades. Assista o trailer:



Dia 22/09 - 15h00 - CASTELO RA-TIM-BUM,  de Cao Hamburger com Sérgio Mamberti, Rosi Campos, Marieta Severo, Diego Kozievitch - Classificação LIVRE para todas as idades. Assista o trailer:




quinta-feira, 15 de agosto de 2013

OS SARAUS CINE LITERÁRIOS ESTREIAM NESTE MÊS DE AGOSTO: o melhor programa para quem gosta de cinema e para quem gosta de um bom livro que conte uma bela estória

CINE LITERATURA é o nome do novo projeto desenvolvido pela tríplice parceria entre o Cineclube Araucária, a Secretaria Municipal de Cultura e a Associação de Amigos de Campos do Jordão - AMECampos. Sempre no último sábado de cada mês, o Cineclube exibirá na Sala de Saraus da AMECampos – Rua Dr. Reid nº 68 – Vila Abernéssia, a adaptação para o cinema de uma importante obra literária brasileira. As sessões de cinema serão precedidas de uma breve palestra proferida por um escritor, professor ou agente literário sobre o tema adaptado para as telas e o seu autor. Esse projeto, além de ser uma maneira de estimular nos jordanenses de todas as gerações o prazer da leitura através do conhecimento de obras literárias nacionais levadas para a tela dos cinemas, destina-se especialmente a alunos do ensino médio que se preparam para enfrentar exames de acesso à universidade. Um caminho bastante agradável para penetrar no pensamento de escritores brasileiros consagrados, cujas obras são indispensáveis para a formação de todos os cidadãos de qualquer parte do nosso país.

Uma lista de filmes adaptados de obras literárias brasileiras está disponível na página Cine Literário deste site como parte do acervo do Cineclube Araucária. As indicações dos leitores são de grande valia para a programação do projeto que estreia no próximo dia 31/08 às 19h00 com a palestra do escritor e Secretário de Cultura Benilson Toniolo abrindo a exibição de ORFEU NEGRO, filme de Marcel Camus vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, do Globo de Ouro e do Oscar de melhor filme estrangeiro em 1959, adaptado da obra ORFEU DA CONCEIÇÃO, de Vinícius de Moraes. A escolha desse filme faz parte da homenagem proposta pela Secretaria Municipal de Cultura ao poeta Vinícius de Moraes, no ano em que se festeja o centenário de seu nascimento. Encontro marcado, portanto, com a obra de Vinícius no sábado dia 31 de agosto na Sala de Saraus da AMECampos, onde todos são bem vindos.










Em setembro o Cine Literatura vai homenagear a escritora Clarice Lispector com a exibição do filme A Hora da Estrela, de Suzana Amaral, precedida de palestra da escritora e jornalista Viviane Pereira, autora de Heróis da Vida Real (Celebris 2003), Dicionário das Loucuras de Amor (Matrix 2010) e Confissões de uma Louca de Amor (Magia das Palavras 2010) - dia 28/09 às 19h00 na sede da AMECampos.




















quarta-feira, 31 de julho de 2013

EM AGOSTO O CINECLUBE ARAUCÁRIA, A AMECAMPOS E A SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA REVERENCIAM A TRADICIONAL FESTA DA CEREJEIRA EM FLOR DE CAMPOS DO JORDÃO COM UMA ESPECIAL SELEÇÃO DE FILMES JAPONESES




A Festa da Cerejeira de Campos do Jordão que acontece desde 1968, é realizada sempre na última semana de julho e no início do mês de agosto.

As primeiras cerejeiras da variedade Takasako, vindas do Japão, foram plantadas na região em 1936 por ocasião da inauguração do Sanatório Dojinkai, adaptando-se perfeitamente ao clima local, tendo, até hoje, belas floradas no início da primavera. Depois, em 1967, quinhentas mudas da variedade Some Yoshino foram plantadas no Palácio da Boa Vista.

A florada das cerejeiras começou a atrair japoneses que já haviam se instalado em diversas regiões do estado de São Paulo e seus descendentes, fato que despertou nas autoridades jordanenses a ideia de criar um evento com apresentações musicais, dança, artesanato e gastronomia, para recepcionar os visitantes. Portanto, em 5 de outubro de 1968, o então prefeito municipal Arakaki Masakasu sancionou a lei de autoria do vereador Fausto Bueno de Arruda Camargo que instituía a Festa da Cerejeira em Flor na cidade. As primeiras festas foram realizadas na Cogumelândia na Vila Jaguaribe, então propriedade do Sr. Mário Utyiama. Mais tarde, a festa passou a acontecer no Bosque São Francisco Xavier – hoje conhecido por Sakura Home, que até 2006 esteve sob os cuidados de Hirofumi Haruna, cujo trabalho muito contribuiu para a preservação das tradições e da cultura japonesas na região e em vários outros lugares do Brasil. Grande parte das mudas que aqui florescem foi doada pelo governo do Japão.

A 45ª Festa da Cerejeira em Flor de Campos do Jordão acontecerá nos dias 20, 21, 27 e 28 de julho e 03 e 04 de agosto de 2013.

Em consonância com os mais marcantes eventos da nossa cidade, o Cineclube Araucária, em parceria com a Associação de Amigos de Campos do Jordão – AMECampos e a Secretaria Municipal de Cultura, programou para este mês de agosto uma significativa mostra de filmes que revelam traços marcantes da milenar cultura nipônica, com destaque para a produção japonesa dentro do universo das animações destinadas ao público infantil, combinada com o projeto Contadores de Histórias da AMECampos.

Detalhes da programação nos sites: www.cineclubearaucaria.org e www.amecampos.org.br

TODAS AS SESSÕES ACONTECERÃO NA SEDE DA AMECAMPOS – RUA DR. REID Nº 68 – ABERNÉSSIA

AMECampos, Cineclube Araucária e Secretaria Municipal de Cultura realizam projeto Saraus Cine Literários

Chamado de Saraus Cine Literários – novo projeto desenvolvido pela tríplice parceria entre o Cineclube Araucária, a Secretaria Municipal de Cultura e a AMECampos – Associação de Amigos de Campos do Jordão, acontecerá durante todo o segundo semestre deste ano, sempre no último sábado de cada mês, na Sala de Saraus da AMECampos, uma adaptação para o cinema de uma importante obra literária brasileira.
 
Esse projeto, além de ser uma maneira de estimular nos jordanenses de todas as gerações o prazer da leitura através do conhecimento de obras literárias nacionais levadas para a tela dos cinemas, destina-se especialmente a alunos do ensino médio que se preparam para enfrentar exames de acesso à universidade. Um caminho bastante agradável de penetrar no pensamento de escritores brasileiros consagrados, cujas obras são indispensáveis para a formação de todos os cidadãos de qualquer parte do nosso país.

Com uma lista de filmes adaptados de obras literárias brasileiras que constam do acervo do Cineclube Araucária e as indicações dos leitores serão bem vindas para compor a programação do projeto que terá estreia no próximo dia 31 de agosto, às 19h com a palestra do escritor e Secretário de Cultura Benilson Toniolo que abrirá a exibição de Orfeu Negro, filme de Marcel Camus vencedor do Globo de Ouro e do Oscar de melhor filme estrangeiro em 1959, adaptado da obra Orfeu da Conceição de Vinícius de Moraes.

sábado, 27 de julho de 2013

SUCESSO TOTAL NA REALIZAÇÃO DO 3º ENCONTRO CINEMÚSICA DE CAMPOS DO JORDÃO


A Associação dos Amigos de Campos do Jordão - AMECampos e o Cineclube Araucária agradecem a todos os cinéfilos e apreciadores de boa música que lotaram a Sala de Saraus da AMECampos nos dois finais de semana de julho em que teve lugar o 3º ENCONTRO CINEMÚSICA DE CAMPOS DO JORDÃO. O sucesso pleno de emoções alcançado por esse evento que já faz parte do calendário cultural da cidade se deve, não apenas à seleção de bons filmes, mas muito especialmente ao empenho dos artistas que acreditaram na empreitada proposta pelo Cineclube Araucária. Tanto na abertura, no dia 12/07, quanto no encerramento, dia 20/07, a pianista Sandra Tonin emocionou a todos e arrancou aplausos calorosos do público, sobretudo pela sua excepcional interpretação de smile de Charlie Chaplin. No sábado, dia 13/07, foi Alaíde Costa, acompanhada pelo pianista Marcelo Maita quem arrepiou a platéia interpretando o melhor da produção jobiniana, com destaque para estrada branca, parceria de Tom Jobim com Vinícius de Moraes. No domingo, dia 14/07, o público vibrou com a performance do pianista e cantor santista Newton Zago que deu uma verdadeira aula magna sobre como se deve interpretar a música negra americana do começo do século XX e que, por exigência do público, teve que voltar ao piano após a exibição de NEW ORLEANS, filme de Arthur Lubin protagonizado por Louis Armstrong e Billie Holiday. E a festa não parou por aqui. Na semana seguinte o público que superlotou a sala de saraus da AMECampos vibrou com o show de interpretação do melhor seresteiro da atualidade, Sr. Daniel Corrêa Cintra na abertura do docudrama de Elizeu Ewald, NELSON GONÇALVES. Na sexta, dia 19/07, o espetáculo musical ficou por conta da destrambelhada Maria Alcina (sim, a mesma que levantou o Maracanãzinho na 7ª edição do Festival Internacional da Canção e que levou o prêmio de melhor intérprete defendendo fio maravilha de Jorge Benjor) que aceitou o convite dos organizadores do 3º ENCONTRO CINEMÚSICA DE CAMPOS DO JORDÃO para, juntamente com o maestro Sérgio Arara, apresentar o documentário ADONIRAN, O POETA DE SÃO PAULO, de Dimas de Oliveira Junior. No encerramento, dia 20/07, a apresentação do filme O CIRCO, de Charlie Chaplin contou novamente com o talento e a habilidade pianística de Sandra Tonin. A todos, artistas e público que prestigiaram essa iniciativa, o nosso mais sincero agradecimento, contando tê-los novamente conosco nas próximas edições do ENCONTRO CINEMÚSICA DE CAMPOS DO JORDÃO.



O público que compareceu e se emocionou com as apresentações artísticas, tanto ao vivo quanto na tela, também é merecedor o nosso aplauso pois o apoio que a sua participação traz a uma iniciativa desse tipo é a grande contribuição que se espera para o pleno desenvolvimento da Cultura e a elevação da auto estima dos jordanenses. Bravíssimos Amigos!!!


                                                                                       
No entanto, durante o período de realização do 3º ENCONTRO CINEMÚSICA DE CAMPOS DO JORDÃO, bom mesmo foi quando a festa seguiu noite adentro com a acolhida, a música, a boa mesa e a simpatia da família Cintra lá no SENADINHO que é, sem dúvida, o lugar que melhor aquece as noites boêmias de Campos do Jordão, sempre com o vozeirão e o repertório cuidadosamente escolhido pelo anfitrião, Sr. Daniel Corrêa Cintra, seresteiro por excelência.


O 3º ENCONTRO CINEMÚSICA DE CAMPOS DO JORDÃO
aconteceu de 12 a 20 de julho de 2013 na Sala de Saraus da AMECampos



sábado, 6 de julho de 2013

81º ANIVERSÁRIO DA GUERRA CIVIL DE SÃO PAULO


Neste 9 de julho, às 19h30, na sede da Associação de Amigos de Campos do Jordão, o Cineclube Araucária e a AMECampos prestam homenagem aos heróis paulistas de 1932 com a exibição do documentário TRINCHEIRAS: ENTRE O CÉU E OS SONHOS, de Custódio Guimarães. A história da Revolução Constitucionalista contada através de depoimentos de ex combatentes. Um filme emocionante para lembrar o ato de bravura dos paulistas inconformados com a ditadura imposta por Getúlio Vargas após o golpe de 1930. Não poderia haver momento mais oportuno para exibir esse filme. Tudo a ver com a virada histórica que vivemos hoje. BRAVOS PAULISTAS, BRAVÍSSIMOS BRASILEIROS!!!

domingo, 30 de junho de 2013

3º ENCONTRO CINEMÚSICA DE CAMPOS DO JORDÃO



Queridos amigos, apoiadores e frequentadores do Cineclube Araucária

Como sempre, no mês de julho, o Cineclube Araucária de Campos do Jordão promove o encontro de duas artes maiores: o cinema e a música. Já apresentamos grandes filmes musicais e filmes que falam da vida e obra de importantes compositores.

Neste ano, entre os dias 12 e 20 de julho, realizaremos, em parceria com a Associação dos Amigos de Campos do Jordão, na sede da AMECampos que fica logo ali bem próximo do Espaço Cultural Dr. Além, o nosso 3º ENCONTRO CINEMÚSICA.

Desta vez um novo elemento foi incorporado à programação: todos os seis filmes que serão exibidos, terão um prólogo musical a cargo de um artista consagrado, cujo trabalho tem Íntima relação com o que será exibido na tela. Por exemplo, o filme O GAROTO, de Charles Chaplin será prefaciado musicalmente pela pianista Sandra Tonin. A MÚSICA SEGUNDO TOM JOBIM, de Nelson Pereira dos Santos e Dora Jobim será apresentado pela cantora e compositora Alaíde Costa, uma das mais importantes intérpretes da música do grande maestro e sua parceira musical. O pianista e cantor Newton Zago, perfeitamente antenado com o ragtime e o blues, virá de Santos especialmente para abrir a sessão de exibição do filme NEW ORLEANS, de Arthur Lubin, protagonizado por ninguém menos do que Louis Armastrong e Billie Holiday. O melhor seresteiro da atualidade, o Sr. Daniel Correa Cintra, que se apresenta regularmente no Senadinho de Campos do Jordão, fará o prólogo musical para o filme NELSON GONÇALVES, docudrama de Elizeu Ewald. Maria Alcina, que no VII Festival Internacional da Canção levantou o Maracanãzinho com a sua interpretação de Fio Maravilha de Jorge Benjor, estará aqui para mandar bala no seu torresmo a milanesa e apresentar o documentário de Dimas de Oliveira Jr, ADONIRAN, O POETA DE SÃO PAULO. Na última noite, a apresentação musical para abrir O CIRCO, de Charles Chaplin estará a cargo do Projeto Jovens Talentos da AMECampos.

Consulte detalhes da programação e prestigie mais esta iniciativa da cidade para a cidade de Campos do Jordão.

Bom espetáculo a todos e até o brinde nosso de cada dia.

Cervantes Sobrinho
Presidente da Associação Cultural
Cineclube Araucária de Campos do Jordão