segunda-feira, 19 de setembro de 2016

DOCUMENTÁRIOS BRASILEIROS EM DESTAQUE NA TELA DO CINECLUBE ARAUCÁRIA

Na cinematografia brasileira o documentário sempre teve um papel de destaque, seja nas primeiras produções realizadas pelo Instituto Nacional do Cinema Educativo, seja pelo surgimento, com o Cinema Novo a partir da década de 1960, do documentário de cunho social, quando o povo passa a ser o protagonista de filmes focados em temáticas voltadas para os problemas dos brasileiros anônimos. Nomes importantes como o de Eduardo Coutinho, o maior documentarista brasileiro de todos os tempos, surgiram nesse período. Mas, foi a partir da retomada do cinema nacional em meados da década de 1990, que ocorreu no Brasil uma verdadeira reinvenção do filme documentário, com um volume de produção que cresce ano a ano e que desperta cada vez mais o interesse tanto de cineastas quanto do público. Para a composição da Mostra Panorama de Documentário Brasileiro dentro da programação do Cineclube Araucária para o mês de setembro, a pesquisa girou em torno do que consensualmente se admite serem os títulos mais significativos realizados no Brasil a partir dessa fase de retomada do gênero, com destaque para a produção do Instituto Alana dirigida ao público infantil, Território do Brincar, de Renata Meirelles e David Reeks, a ser exibida no dia 25/09 às 15:00, no Espaço Cultural Dr. Além (antigo Cine Glória de Campos do Jordão), com entrada livre.



Esse programa faz parte do projeto O Cinema de Volta a Campos do Jordão, realizado pelo Cineclube Araucária, com o apoio do Programa de Ação Cultural do estado de São Paulo - ProAC, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e a Associação dos Amigos de Campos do Jordão - AMECampos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário