sábado, 30 de janeiro de 2016

SALA CINEMATOGRAPHOS - UMA CINECLUBE NA CASA GUILHERME DE ALMEIDA

O Cineclube Araucária marcou presença na inauguração da Sala Cinematographos, cineclube mantido pela Casa Guilherme de Almeida em São Paulo. O nome foi escolhido pela administração da casa numa referência à coluna assinada pelo seu patrono no jornal O Estado de São Paulo entre 1920 e 1940, na qual Guilherme de Almeida abordou com senso crítico, centenas de filmes dos mais variados temas e origens. 

A programação de inauguração ocorrida neste sábado, 30 de janeiro de 2016, incluiu a exibição do filme São Paulo, Symphonia da Metrópole, de Rudolf Lustig e Adalberto Kemeny, com trilha sonora de Lívio Tragtenberg executada ao vivo, seguida de palestra sobre o filme e leitura da crítica escrita por Guilherme de Almeida em 1929, pelo coordenador do Projeto Cinematographos, Donny Correa. Após exposição ilustrada sobre o tema Fotografia e as Mutações Urbanas em São Paulo, apresentada pela fotógrafa Luciana Fátima, assistimos a exibição do filme São Paulo, Sinfonia e Cacofonia, de Jean-Claude Bernardet, seguida de debate com a presença do diretor, da montadora Maria Dora Mourão e do compositor da trilha sonora Lívio Tragtenberg. A Curadoria da sexta edição do Encontro Cinemúsica de Campos do Jordão, que terá lugar em julho deste ano na sede da AMECampos, já começou as tratativas para a incluir a exibição de São Paulo, Symphonia da Metrópole, de Rudolf Lustig e Adalberto Kemeny, com trilha sonora executada ao vivo, na programação do evento que já faz parte do calendário cultural da cidade.